quarta-feira, 11 de maio de 2011

Introspecção

O que me leva a manter uma relação, onde não há mais cumplicidade, interesse, elo de ligação, ou qualquer outra motivação que me conduza em direção ao outro?
Amor é um conjunto de fatores e precisa ser cultivado todos os dias.
Quando não há o cultivo desse sentimento, ele se esvai, seca, dissolve...
Mas ainda assim, a gente insiste em manter um vínculo, mesmo desgastado... por que será?
Medo do que? 
A solidão, pode ser uma excelente companhia, quando existe amor próprio, mas é preciso manter o coração aquecido, para que não se torne árido...
O afeto, é nutriente para a vida e, sem o que, tudo o mais perde a cor, a beleza...
Amar não é tão simples, porque exige, cobra, faz comparações...
Preciso viver todos os dias, uma nova experiência afetiva, ainda que com a mesma pessoa, caso contrário, não sou capaz de amar, me perco no vazio de mim mesma.
Bom dia!

5 comentários:

Helena Bertulucci disse...

A Rosani Cruz, postou o seguinte comentário através do Facebook: "Que profundo Helena, que verdade verdadeira, e essa parte ..."A solidão ,pode ser uma excelente companhia, qdo existe amor próprio"...fala tudo, que conselho ,que alerta...adorei mesmo..eu queria postar no blog mas nao consegui....tenha um bom dia!!!!!"
Ao que lhe respondi, agradecida: "Oi, Rosani! Faz o comentário, que vai para a moderação e eu aceito. Muito obrigada! Adorei que você tivesse visto e comentado, mas é importante pra mim, que as pessoas sigam e comentem... faz tempo que não escrevo e agora, através do Blogger, retomei esse exercício, então, preciso saber se as pessoas estão gostando. Mais uma vez obrigada e bom dia!"

celia disse...

HELENA, PARABENS!!!!!!!!!!!!!!
ADOREI O SEU TEXTO. AUTO ESTIMA, MINHA QUERIDA É TUDO. SO SENTE SOLIDÃO QUEM TEM O CORAÇÃO FECHADO PARA O MUNDO.
VOLTE A ESCREVER. SEU TALENTO DEVE SER COMPARTILHADO COM OS AMIGOS E LEITORES
ABRAÇO CARINHOSO, CELIA

Helena Bertulucci disse...

Obrigada pelo incentivo, Célia! Você é uma amiga muito querida e especial, porque é sempre muito gentil e generosa! Tenho tentado voltar a escrever diariamente, mas o tempo e os compromissos de trabalho, infelizmente, me impedem de me dedicar mais. Quanto à auto estima, a gente faz o que pode! Rs... Beijo enorme e obrigada pelo carinho de sempre.

celia disse...

seus textos sao muito parecidos com os da martha medeiros. mais uma vez parabens
carinho meu

Helena Bertulucci disse...

Quem me dera! Quando eu crescer, quero ser parecida com ela! Rs... me sinto honrada com a comparação, mas minha amiga, você me adora! Rs... Beijos e obrigada. Tenha um lindo dia!